16.12.16


Princípios


Nenhum mal que a moral
não saiba punir,
nenhuma dor que uns quantos comprimidos
não possam apagar,
nenhuma doença que a cirurgia e a amputação
não venham resolver.
Nunca nada que a morte reconheça.