5.1.17


Médicos


Preferia os homens às mulheres,
os oftalmologistas aos de clínica geral,
os ginecologistas aos psiquiatras (ambos se baixavam
para espreitarem para dentro dela, mas os primeiros
eram mais eficazes),
os dermatologistas aos de medicina interna.
Agradavam-lhe os anestesistas, os cirurgiões plásticos,
os pediatras,
mas sobretudo os cardiologistas. Diante destes,
de peito aberto e coração nas mãos,
via-se sempre disponível para acreditar
(reconhecia-se mais romântica do que para si própria
poderia admitir).
Meia mentira seria suficiente.